quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

EQUIPES RETOMAM SERVIÇOS DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO DE VIAS EM VÁRIOS PONTOS DA CIDADE

 
Depois do recesso de Natal, as equipes das secretarias de Infraestrutura, Meio Ambiente, Vigilância em Saúde e Ditran retomaram os serviços de manutenção dos espaços públicos, prevenção contra a dengue e fiscalização de trânsito nesta quarta-feira (26), em Paranavaí.
A Secretaria de Meio Ambiente, por exemplo, trabalhou com limpeza na Praça da Xícara e no terreno ao lado do Conjunto Industrial Vila Operária, além do recolhimento de galhos em vários bairros.
A Avenida Paraná e a Rua Capitão Telmo Ribeiro passaram por limpeza em preparação para a operação tapa buracos. O serviço foi executado pelas equipes da Secretaria de Infraestrutura, que trabalham também com a limpeza de bocas de lobo em vários pontos da cidade e patrolamento no Jardim Vista Alegre.
Enquanto isso, a Visa (Vigilância em Saúde) segue com as ações de conscientização sobre a importância do combate à dengue, dando orientações e fazendo fiscalização em residências e pontos comerciais nos jardins São Jorge e Morumbi.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

RELATÓRIO DE SERVIÇOS EXECUTADOS DE 26 A 30 DE NOVEMBRO

26/11 – Roçada no Estádio
- Roçada na ciclovia do Jd Morumbi
- Roçada na Av. Domingos Sanches
- Plantio na rotatória do Spetos
27/11 – Limpeza das trilhas do bosque
- Limpeza das travessias do Posto Minas
- Roçada na Av. Mauá
- Roçada na Av. Lázaro Vieira
28/11 – Limpeza das trilhas do bosque
- Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado
- Limpeza das Travessias do Centro
- Pintura na Rua Paraíba
- Pintura na Rua Ettore Giovini
- Pintura na Rua Pará
- Pintura na Rua Minas Gerais
29/11 – Roçada no Lacerdinha
- Roçada na UBS do Jd Maringá
- Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado
- Limpeza nas Travessias do Centro
- Pintura na Rua Pernambuco
- Roçada no CAPs
- Roçada na calçada do Colégio Estadual (Rua Guaporé)
30/11 - Pintura na Av. Distrito Federal
- Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado
- Roçada no Parque Ouro Branco
- Roçada no Centro de Apoio ao Deficiente

RELATÓRIO DE SERVIÇOS EXECUTADOS DE 19 A 23 DE NOVEMBRO


19/11 – Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado (saída Graciosa)
- Roçada na pista de atletismo
- Roçada na rotatória do Espetos
- Limpeza das travessias do Posto Minas
- Limpeza das travessias do Banco do Brasil
20/11 – Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado (saída Graciosa)
- Roçada na ciclovia do Jardim São Jorge
- Poda de árvores na pista de atletismo
- Limpeza das travessias do Centro
21/11 – Roçada no aeroporto
- Roçada na Av. Gabriel Esperidião
- Limpeza das Travessias do Centro
- Recolhimento das folhas de palmeira na Av. Heitor Alencar Furtado
- Roçada na calçada do Depósito de Entulhos
22/11– Roçada na Academia Dojo Karate
- Roçada e limpeza na Rua Riachuelo
- Roçada na Rotatória da Vila Operária
- Limpeza na Praça do Jardim Ipê
23/11 - Roçada no Estádio
- Roçada na Praça do Sumaré  

SEMANA TERMINOU COM ROÇADAS EM DIVERSOS PONTOS DA CIDADE


Buscando garantir a limpeza e boa aparência de avenidas, praças e espaços públicos do município, a Semam (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) executou roçadas, nesta sexta-feira (21), em pelo menos seis pontos da cidade. Os serviços foram realizados na rotatória de acesso ao Jardim São Jorge, nas praças do Japão e do Conjunto Tânia Mara, no Provopar, na UBS e no posto odontológico do Jardim São Jorge.
Em apoio a estas ações e buscando conscientizar a população sobre a importância do combate à dengue, as equipes da Visa (Vigilância em Saúde) seguem com as ações de orientação e fiscalização em residências e pontos comerciais do Jardim Ouro Branco e da região central da cidade.
OUTROS SERVIÇOS DE ROTINA - A Sema (Secretaria de Agricultura) segue com os serviços de readequação de trechos da Estrada da Água Nova, uma das áreas rurais mais afetadas pelo volume de chuvas do último final de semana.
Enquanto isso, as equipes da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura) trabalham com o tapa buracos na Rua Antônio José da Silva (Jardim do Sol), limpeza de bocas em vários pontos da cidade, patrolamento no Jardim Vista Alegre e na Rua Flauzina Dias Viegas, além de limpeza no Provopar.

PRAÇA DO ROTARY GANHA NOVO PAISAGISMO

Funcionários da Secretaria de Meio Ambiente concluíram nesta semana o serviço de paisagismo da Praça do Rotary, situada no Jardim Ouro Branco. O local recebeu centenas de mudas de tagete amarelo e diversas outras plantas que foram retiradas do viveiro de mudas do município, localizado junto ao Provopar, e que produz, semanalmente, cerca de 800 mudas que são utilizadas nos canteiros e praças da cidade. 

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

RELATÓRIO DE SERVIÇOS EXECUTADOS DE 12 A 16 DE NOVEMBRO


12/11 – Roçada na Av. Tancredo Neves
- Roçada e limpeza na Praça de Graciosa
- Plantio na Praça da xícara
13/11 – Roçada no 8º BPM
- Roçada na Av. Tancredo Neves
- Limpeza nas Travessias do Centro
14/11 – Roçada na praça Kirchiner
- Roçada na Av. Tancredo Neves
- Limpeza nas Travessias do Centro
16/11 – Roçada no CAP’s Infantil
- Roçada na Av. Humberto Brunning
- Roçada na Praça do Santos Dumont
- Roçada na Av. Carlos Gomes
- Roçada na Av. Euclides da Cunha
- Roçada na Casa da Cultura
- Roçada no P.A.     

RELATÓRIO DE SERVIÇOS EXECUTADOS DE 05 A 09 DE NOVEMBRO


05/11 – Roçada e limpeza do Centro de Eventos
- Roçada na Rotatória do Jardim São Jorge
- Roçada na Av. Deputado Heitor Alencar Furtado
- Varrição na Av. Heitor Alencar Furtado
06/11– Roçada e limpeza na Escola de Corte Costura do Jardim São Jorge
- Roçada no Posto Odontológico do Jardim São Jorge
- Roçada na USB do Jardim São Jorge
- Roçada na rotatória do Jardim São Jorge
- Roçada na Av. Martin Luther King
07/11 – Roçada no Campo do DER
- Roçada na Av. Parigot de Souza
- Limpeza na Praça da Xícara
- Roçada na Praça do Jardim Panorama
- Roçada das 3 praças no Tânia Mara
08/11 – Plantio na Praça da Xícara
- Roçada na Praça do Lions
- Roçada na Praça do Japonês
- Roçada na Av. J.K.
- Roçada na Av. Andrade Neves
09/11 – Roçada na Av. Euclides da Cunha
- Roçada na Av. Distrito Federal
- Roçada na Av. Lázaro Vieira
- Plantio na Praça da Xícara

SEMAM TRABALHA COM ROÇADAS EM AVENIDAS, PRAÇAS E ESPAÇOS PÚBLICOS

A Semam (Secretaria de Meio Ambiente) trabalhou nesta terça-feira (11) com a limpeza e manutenção da boa aparência de avenidas, praças e espaços públicos, executando roçadas em diferentes pontos do município, tais como as avenidas Militão Rodrigues de Carvalho e Honorato Terto Rodrigues, a Praça Portugal e o Tiro de Guerra.
Já a Sema (Secretaria de Agricultura) continuou com a readequação e patrolamento na Estrada Água do Bicudo e Sociedade (distrito de Graciosa), enquanto as equipes da Visa (Vigilância Sanitária) deram sequência no trabalho de fiscalização e orientação no combate à dengue em domicílios e pontos comerciais do Jardim Ouro Branco e na região central da cidade.
A Seinfra (Secretaria de Infraestrutura) realizou a recuperação de vias em vários bairros, executando a aplicação do micropavimento através da Usina de Asfalto no Jardim Oásis, operação tapa buracos no Jardim Campo Belo e patrolamento na Vila Alta. Em outras frentes de trabalho as equipes fizeram a limpeza de bocas de lobo em vários pontos da cidade e trabalharam na recuperação e limpeza da baixada do Jardim Ouro Branco, uma das regiões mais afetadas pelo temporal que caiu na madrugada do último

CIDADÃO TERÁ QUE PAGAR R$ 600,00 POR CORTE IRREGULAR DE ÁRVORE EM PARANAVAÍ

Um morador de Paranavaí acaba de ser penalizado por corte irregular de árvore e terá que pagar R$ 600,00 a uma entidade social do município (Guarda Mirim). O caso aconteceu em janeiro deste ano, quando a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) recebeu uma solicitação de corte de árvore (Ipê Rosa) e, no ato da vistoria, constatou que a mesma apresentava maior parte das raízes significativas a sustentabilidade cortadas. O fato aconteceu no Jardim Asa Branca.
A Secretaria protocolou então uma denúncia à Promotora Pública e o caso foi encaminhado para o Juizado Especial Criminal de Paranavaí que determinou o pagamento de uma multa no valor de R$ 600,00.
De acordo com o secretário de Meio Ambiente, João Marques, o caso descrito acima não se trata de um acontecimento isolado. “Estamos tendo muitas denúncias de corte irregular de árvore e todas elas estão sendo encaminhadas à Promotoria, que está sendo muito eficiente neste sentido e penalizando os autores destas infrações”,afirmou.
Segundo o secretário, até ferramentas modernas como imagens do Google Earth estão sendo utilizadas como prova das denúncias. “Já aconteceu da pessoa arrancar a árvore e passar o cimento por cima para não deixar qualquer evidência do crime. Nós, através do Google Earth, conseguimos uma imagem daquela região que provava a existência de árvore no local”, contou João.
“Isso mostra que os casos de impunidade por crimes ambientais estão com os dias contados. Cada vez mais o nosso Judiciário está trabalhando para punir esses infratores”, concluiu o secretário.

SEMAM REALIZA ROÇADAS E LIMPEZA NO BOSQUE MUNICIPAL


A recuperação, manutenção, limpeza e boa aparência dos espaços públicos é uma preocupação constante da administração municipal. Tanto que, diariamente, as equipes das secretarias de Meio Ambiente, Agricultura, Infraestrutura e Desenvolvimento concentram suas ações nesses serviços em todos os bairros da cidade.
Nesta quarta-feira (28), a Semam (Secretaria de Meio Ambiente) trabalhou com roçadas nas avenidas Mauá e Lázaro Vieira e limpeza no Bosque Municipal, além de plantio de mudas ornamentais nas travessias da Avenida Paraná, próximas ao Posto Minas.
Enquanto isso, a Seinfra (Secretaria de Infraestrutura) concentrou a operação tapa buracos na Rua Antônio Cauneto (Jardim Santos Dumont) e em diversas vias do Jardim São Jorge. Em outras frentes de trabalho as equipes executaram ainda a aplicação do micropavimento, através da Usina de Asfalto, em vias do Jardim Oásis, limpeza de bocas de lobo em vários pontos da cidade, limpeza e patrolamento no Jardim Simone e limpeza de terreno no Jardim Belo Horizonte.
Já a Sedur (Secretaria de Desenvolvimento Urbano) instalou um novo ponto de estacionamento de motos em frente à Amunpar e trabalhou com a pintura de faixas de estacionamento nas vias marginais da Avenida Heitor Furtado (região do Jardim São Jorge).

GRANDES GERADORES DE RESÍDUOS TÊM ATÉ DEZEMBRO PARA APRESENTAR O PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

As empresas do município classificadas como grandes geradoras de resíduos têm até 31 de dezembro de 2012 para apresentar à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), um mecanismo criado com o objetivo de promover a sustentabilidade das operações de gestão de resíduos sólidos, preservar o meio ambiente e a qualidade de vida da população, e que vai revelar a quantidade exata e o tipo de lixo produzido pela empresa. Paranavaí tem hoje 110 empresas enquadradas como grandes geradoras de resíduos.
A Lei Municipal nº 3.641/2010, que dispõe sobre a coleta, transporte e destinação final de resíduos em geral, classifica como grande gerador de resíduos todas as residências ou estabelecimentos comerciais, prestadores de serviços industriais ou outros que, no desenvolvimento de suas atividades, gerem semanalmente mais de 600 litros de resíduos de características domiciliares dispostos para a coleta normal e mais de 600 litros semanais dispostos para a coleta seletiva de materiais recicláveis.
Com o plano em mãos, o empresário deverá contratar uma empresa com licença ambiental para fazer a coleta e dar a correta destinação ao resíduo, já que a partir de abril de 2013 o município de Paranavaí não prestará mais esses serviços aos grandes geradores. Como segurança, o empresário deverá exigir da empresa contratada o licenciamento do destino final deste resíduo para ter certeza que o lixo está sendo depositado em um aterro, conforme determina a lei.

Semam está cadastrando empresas e profissionais habilitadas a elaborar o PGRS
Como muitos empresários do município apresentaram dúvidas com relação às empresas que estão aptas a elaborar o PGRS, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente resolveu fazer um cadastro de empresas e profissionais habilitados a elaborar o documento que poderá ser consultado por toda a população.
“Vários empresários estão ligando na Secretaria pedindo a indicação de empresas e profissionais que realizam este trabalho. Nós, como Poder Público, não podemos indicar a empresa X ou Y, mas podemos fazer um cadastro com todas elas para facilitar a vida dos empresários”, esclareceu o secretário de Meio Ambiente, João Marques.
O cadastro já está em fase de preparação e todas as empresas e profissionais habilitados a elaborar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos podem e devem se cadastrar. Mais informações pelo telefone 3902-1145. 


quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

VANDALISMO!

Depois de reformado o alambrado do entorno do Parque Municipal Prefeito Antonio Messias - Bosque, vândalos cortaram a cerca. Funcionários da SEMAM arrumaram e novamente eles retornaram.
Isso é denominado danos ao patrimônio público.
Se você se deparar com alguém praticando esse ato, por favor ligue para 190.




quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

COLETA - Ampliação e modernização figuram entre as conquistas da Coopervaí em 2012

A Coopervaí passou a receber lixo eletrônico, tais como computadores, baterias, celulares e calculadoras. A novidade “agrega valores à produção e faz aumentar a receita da cooperativa”, diz Vera Márcia

Ampliação e modernização figuram entre as conquistas da Coopervaí em 2012
A produção mensal da cooperativa é de 200 toneladas de lixo por mês - Foto: Fabiano Fracarolli

É possível ampliar a produção, mas os resultados obtidos neste ano pela Cooperativa de Seleção de Materiais Recicláveis e Prestação de Serviços de Paranavaí (Coopervaí) dão sinais de que 2013 será um ano promissor, conforme prevê a gerente Vera Márcia Teixeira.
Segundo ela, ao longo de 2012 foi possível melhorar as condições de trabalho dos cooperados. “Fizemos investimentos na infraestrutura. Agora temos refeitório e sala de alfabetização”, exemplifica. Outra conquista citada pela gerente da Coopervaí é a distribuição de cestas básicas para os trabalhadores.
A média salarial também aumentou. Em 2011 era de aproximadamente R$ 500, passando para cerca de R$ 800 neste ano. Significa que os 60 cooperados tiveram um incremento na renda familiar e estão vivendo com mais qualidade, afirma Vera Márcia.
RESÍDUOS ELETRÔNICOS - Para a gerente, este foi “um ano de sucesso”. Um dos motivos: a Coopervaí passou a receber lixo eletrônico, tais como computadores, baterias, celulares e calculadoras. A novidade “agrega valores à produção e faz aumentar a receita da cooperativa”, diz Vera Márcia.
A partir do próximo ano, as empresas que entregarem componentes eletrônicos à Coopervaí receberão certificados. O documento será item necessário para que renovem o alvará de funcionamento junto à Prefeitura de Paranavaí.
ÓLEO DE COZINHA - Outro produto que antes não fazia parte da lista de resíduos recolhidos para a reciclagem é o óleo vegetal utilizado na cozinha. Se antes o descarte era feito de forma incorreta pelos moradores, agora já pode ser reaproveitado.
Para que a Coopervaí receba o resíduo, o morador precisa armazená-lo em uma garrafa plástica e colocá-lo junto ao lixo reciclável recolhido semanalmente em todos os bairros da cidade.
NOTA FISCAL - Vera Márcia destaca que a Coopervaí passou a vender vários produtos recicláveis diretamente para as indústrias, sem a atuação de empresas intermediárias. Por esta razão, a cooperativa investiu em tecnologia, emitindo nota fiscal eletrônica, por exemplo. Também está regularizando a documentação necessária para que possa comercializar os resíduos sólidos dentro da legalidade.
DIVISÃO DE SOBRAS - Por causa de todos os investimentos, em 2012 não haverá divisão de sobras entre os cooperados. Mas Vera Márcia garante que não representa resultados ruins para a Coopervaí. “Estamos nos preparando para crescer cada vez mais”, ressalta.
CONSCIENTIZAÇÃO - A gerente da Coopervaí destaca que a produção mensal representa 200 toneladas, mas que é possível ampliar. Segundo ela, a produção de lixo reciclável em Paranavaí poderia alcançar as 600 toneladas por mês. “Falta conscientização dos moradores. Se todos separarem o lixo corretamente, é possível preservar o meio ambiente e ajudar as famílias de nossos 60 cooperados”, completa.


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

RELATÓRIO DE SERVIÇOS EXECUTADOS DE 29 DE OUTUBRO A 01 DE NOVEMBRO

29/10– Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado

- Roçada na Praça dos Pioneiros

- Limpeza na Praça Portugal

- Pintura no cemitério de Mandiocaba

30/10 – Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado

- Roçada no Teatro

- Roçada na Praça Portugal

- Roçada na rotatória do Posto Bandeirantes

- Varrição da Av. Lázaro Vieira

31/10 – Varrição do cemitério do centro

- Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado

- Roçada na praça da Igreja São Sebastião

01/11– Varrição do cemitério do centro

- Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado

- Roçada no terminal rodoviário

COM VIVEIRO DE MUDAS PRÓPRIO, MUNICÍPIO ECONOMIZA ATÉ 90% EM RECURSOS PARA PROJETOS DE PAISAGISMO



Há aproximadamente cinco meses, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) implantou um projeto que está trazendo aproximadamente 90% de economia em projetos de paisagismo: um viveiro de mudas próprio. A ideia surgiu em 2011, com um projeto da paisagista da Secretaria, Luciane Bridi, de implantar um mini-viveiro na cidade.
“Tínhamos a ideia, mas não tínhamos espaço disponível. Então o Provopar nos cedeu uma área de uns 400 metros e começamos o trabalho. Nós colhemos sementes das plantas dos canteiros do próprio município e fazemos a multiplicação das mudas de espécies floríferas e ornamentais. Essas mudas são utilizadas no próprio município, em todos os projetos de paisagismo dos canteiros, praças e até nos cemitérios da cidade”, explica Luciane.
Para a paisagista, o viveiro traz muita autonomia para o município no sentido de desenvolver projetos que embelezam a cidade com baixo custo. “Hoje não gastamos quase nada com a aquisição de mudas para o município. A não ser, claro, em projetos específicos, como o da Praça do Japão, que são de plantas exóticas ou de grande porte. Mas fazemos aqui um projeto ecológico completo. Contamos com a boa vontade e o amor dos funcionários no cuidado com as plantas e já temos um projeto para aumentar a produção de espécies, de variedades e levar o viveiro para um espaço maior”, aponta.
Segundo Luciane Bridi, aproximadamente 800 mudas são produzidas toda semana no viveiro do município. O custo real seria de R$ 2 por vaso, caso o município tivesse que adquirir essas plantas. Ou seja, com o viveiro, há uma economia de aproximadamente R$ 6 mil por mês.

MUNICÍPIOS INTEGRANTES DO CONSÓRCIO DISCUTEM OPERACIONALIZAÇÃO DA PATRULHA DO CAMPO

Representantes dos municípios que integram o Consórcio Intermunicipal Caiuá-Ambiental (Cica) estiveram reunidos nesta quinta-feira (22), no gabinete do presidente do consórcio e prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti, para discutir a operacionalização do programa Patrulha do Campo, do Governo do Estado, que irá repassar máquinas e equipamentos para recuperação e modernização das estradas rurais dos 11 municípios que pertencem à entidade.
A assinatura do convênio para adesão ao programa aconteceu no último dia 12 de novembro, em Curitiba, e contou com a presença do governador Beto Richa, Lorenzetti e demais prefeitos do estado.
O consórcio será beneficiado com duas patrulhas. Cada uma delas é composta por escavadeira, trator de esteira, pá-carregadeira, motoniveladora, rolo-compactador, caminhão-comboio, caminhonete, carreta para o transporte dos equipamentos e cinco caminhões basculantes. O Governo do Estado também vai disponibilizar um técnico agrícola para auxiliar no serviço, enquanto os municípios serão responsáveis pelo pagamento da mão-de-obra (operadores de máquina) e do combustível.
Para fazer frente a estas despesas, cada município deverá repassar um valor proporcional ao seu número de habitantes para o pagamento da mão-de-obra. Já o combustível será pago de acordo com tamanho do trecho das estradas rurais a serem recuperadas.
“É muito satisfatório saber que depois de tão pouco de tempo de criação o nosso consórcio já está rendendo frutos positivos, como a conquista destas patrulhas. Mas o nosso trabalho não termina aqui. A ideia do consorcio é formar um grupo com maior expressão política para reivindicar investimentos, financiamentos e buscar soluções compartilhadas em diversas áreas como meio ambiente, infraestrutura e outros, minimizando, assim, os custos para cada ente federado”, ressaltou o secretário de Meio Ambiente de Paranavaí, João Marques.
Além dele, também estiveram presentes na reunião o secretário de Agricultura do município, Osmar Wessler, prefeitos e representantes dos municípios de Tamboara, Cruzeiro do Oeste, Alto Paraná, São João do Caiuá, Paraíso do Norte, Amaporã e Terra Rica.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

RELATÓRIO DE SERVIÇOS EXECUTADOS DE 22 A 26 DE OUTUBRO


22/10 – Plantio de grama no cemitério novo
- Pintura de meio-fio no cemitério da Rua Paraíba
- Plantio da rotatória da Vila Operária
- Roçada e limpeza do acesso ao cemitério novo
23/10 – Roçada no cemitério novo
- Plantio de árvores no cemitério novo
- Limpeza do cemitério de Graciosa
- Pintura do meio-fio do cemitério da Rua Paraíba
24/10 – Limpeza do cemitério de Graciosa
- Limpeza do cemitério de Mandiocaba
- Pintura do meio-fio do cemitério da Rua Paraíba
- Plantio de árvores do cemitério novo
25/10 – Roçada na rodoviária
- Roçada na Avenida Heitor Alencar Furtado
- Roçada na Fespar
- Pintura de meio-fio no cemitério novo
26/10 – Roçada na piscina municipal
- Roçada no Noroestão
- Roçada na Provopar
- Manutenção do viveiro de mudas no Provopar
- Roçada na Avenida Heitor Alencar Furtado
- Pintura no cemitério de Graciosa

LEI 12.305/10 POLÍTICA DE RESÍDUOS SÓLIDOS


BAIXE AQUI A LEI 


quarta-feira, 14 de novembro de 2012

ATA DA REUNIÃO DA APA DO MÊS DE OUTUBRO


ATA DE REUNIÃO
Aos nove dias do mês de outubro, às quatorze horas e quinze minutos, na sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Paranavaí – SEMAM, localizado na Rua Benedito Brambila, s/n, Vila Operaria. O Presidente João Marques saúda a todos e inicia a reunião fazendo a leitura da pauta: - Leitura da ata anterior; - Elaboração do zoneamento, revisão do Plano de Manejo e regulamentação legal da área de proteção ambiental do Ribeirão Arara para. Após a leitura da ata anterior, o presidente coloca em votação sua aprovação, e por unanimidade é aprovada. Dando sequencia, o Presidente diz que trará para a próxima reunião o Sr. Jorge Van Dal (do canal 20) para estar fazendo a apresentação sobre Marketing Ambiental; e em seguida passa a palavra ao Sr. Amarildo, representante da empresa responsável pela readequação do Plano de Manejo; ele apresenta no datashow todo o Plano que foi reformulado. Foram tiradas algumas duvidas e corrigidos alguns itens no Plano, com o auxilio dos conselheiros que trabalham na SANEPAR/EMATER, etc. O Sr. Valdemar Delatorre se manifesta a respeito do que foi explanado, e diz achar que essa questão do Plano de Manejo deveria ser discutida com mais profundidade para que possamos chagar a um consenso, onde se proteja o meio ambiente e também fique favorável aos proprietários. Após mais algumas discussões o Presidente diz que procurará saber qual órgão ira fazer a fiscalização das propriedades dentro da APA. Erni diz que quando terminar as obras que estão sendo realizadas na APA, ele irá fazer a relação de quem recebeu o beneficio, quanto recebeu, etc. Encerrado esse assunto, o Presidente pede a palavra e informa aos conselheiros que o Sindicato Rural mandou indicação de uma nova conselheira para estar compondo o Conselho Gestor da APA. Sem mais assuntos a serem tratados, o presidente encerra a reunião agradecendo a presença de todos.
Paranavaí, 09 de Outubro de 2012.

NOME
ASSINATURA
PREFEITURA


SEAB


CÂMARA MUNICIPAL


INSTITUTO DAS AGUAS


EMATER


IAPAR


IAP


SINDICATO RURAL DE PARANAVAI


ANPADS


ASSOCIAÇÃO DOS PRODUTORES RURAIS DO RIBEIRÃO ARARA – ASPRA


ACIPAR


SANEPAR


PROPRIETARIOS




FATECIE


FAFIPA


LUZES DO ARENITO



APA

Reunião da APA( Área de Proteção Ambiental) ocorrida ontem na SEMAM.



terça-feira, 13 de novembro de 2012

VIVEIRO MUNICIPAL

Mudas a serem usadas em praças, canteiros e rotatórias, estão sendo cuidadas e multiplicadas, em um viveiro municipal.



MEDICAMENTOS VENCIDOS NÃO PODEM SER JOGADOS NO LIXO COMUM

Os consumidores devem levá-los a uma farmácia, unidade básica de saúde ou Vigilância em Saúde, para que os produtos recebam a destinação correta.

Remédios em desuso devem ser levados a farmácias, para que recebam a destinação adequada - Foto: Fabiano Fracarolli

Resíduos químicos, dentre os quais, os medicamentos, não podem ir para o lixo comum. Precisam ter a destinação correta para evitar a contaminação do meio ambiente, conforme determinam a Lei 12.305/2010 e o Decreto 7.404/2010. Em Paranavaí, remédios vencidos, em desuso ou sobras podem ser entregues em farmácias, Unidades Básicas de Saúde e na sede da Vigilância em Saúde (Visa).
Fiscal sanitária da Visa de Paranavaí, a farmacêutica Giovana Teixeira Zotareli explica que qualquer medicamento pode provocar reações adversas, por exemplo, intoxicação. Nos casos mais graves, pode levar à morte. “Costumamos dizer que a diferença entre o medicamento e o veneno é a dosagem”, diz, enfatizando a importância do descarte adequado dos remédios.
De acordo com o farmacêutico Paulo Henrique de Souza Freire, da Rede Líder, todo e qualquer medicamento pode ser entregue nas farmácias. “Algumas pessoas trazem remédios mesmo ainda não estando vencidos”. Ele informa que uma vez por mês os produtos descartados pelos clientes são recolhidos por uma empresa especializada na destinação de medicamentos.
TRATAMENTO ADEQUADO - Giovana destaca que os remédios recolhidos pelas empresas especializadas podem receber diferentes tipos de destinação. Alguns podem ser incinerados, outros não. Para cada caso, há uma forma adequada de tratamento. A bula e a caixinha, explica, podem ser recicladas, mas as embalagens que têm contato direto com o remédio, não.
RISCOS PARA SAÚDE - A fiscal sanitária da Visa faz um alerta sobre os cuidados com crianças e idosos. As crianças porque podem ser atraídas pelo colorido dos remédios e consumi-los de forma indevida. Os idosos porque muitos fazem uso contínuo de medicação e podem confundir os remédios, provocando as reações adversas.
FISCALIZAÇÃO - Giovana ressalta que as equipes da Vigilância em Saúde realizam constantes fiscalizações para verificar se as farmácias recolhem medicamentos vencidos e dão a destinação correta. Segundo ela, o primeiro passo consiste na orientação, depois, pode haver advertência, interdição, multa e fechamento do estabelecimento que não cumprir as determinações legais.
LOGÍSTICA REVERSA - Da mesma forma que pneus, aparelhos eletrônicos e lâmpadas, por exemplo, os medicamentos fazem parte dos resíduos que se encaixam na lei da logística reversa. Significa que o consumidor final deve fazer restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial para o devido reaproveitamento no ciclo produtivo ou a destinação final ambientalmente adequada.



BETO RICHA LANÇA PROGRAMA QUE VAI RECUPERAR E MODERNIZAR ESTRADAS RURAIS


Além de maquinário, o governo vai dar suporte às prefeituras na elaboração de projetos técnicos e de engenharia para a recuperação das estradas. Inicialmente, o programa atenderá cerca de 200 municípios, com o aporte de R$ 110 milhões.


O governador Beto Richa quando do lançamento do Patrulha do Campo, que vai recuperar e modernizar estradas rurais
Foto: Foto: ANPr


Leia a matéria na íntegra:

LORENZETTI FIRMA CONVÊNIO COM ESTADO PARA RECEBER PATRULHAS RURAIS MECANIZADAS

No Palácio Iguaçu, nesta segunda-feira (12), ao lado do governador Beto Richa e do deputado estadual Teruo Kato, o presidente do Consórcio Intermunicipal Caiuá Ambiental (Cica) e prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti, assinou convênio para aderir ao programa Patrulha do Campo. Com a adesão, o Governo do Estado irá repassar máquinas e equipamentos ao Consórcio para recuperação e modernização de estradas rurais de 11 municípios do extremo noroeste.
Cada patrulha é composta por escavadeira, trator de esteira, pá-carregadeira, motoniveladora, rolo-compactador, caminhão-comboio, caminhonete, carreta para o transporte dos equipamentos e cinco caminhões basculantes. De acordo com o deputado Teruo Kato, as patrulhas irão resolver um problema antigo. “Na nossa região, temos vários trechos de estradas rurais que exigem manutenção e conservação. Antes do Programa, dependíamos da patrulha do DER. Agora, os municípios do consórcio podem ajustar entre si para que todos sejam atendidos”,disse.
“As obras de adequação e melhoria dessas vias têm sido a maior demanda por parte dos municípios ao governo do Estado. Estamos cumprindo um compromisso assumido com os prefeitos e renovando a frota de máquinas, que estava sucateada. Queremos fortalecer a agricultura e a pecuária, a base da economia paranaense”,afirmou Richa.
Ao fazer uso da palavra representando centenas de municípios paranaenses, Lorenzetti destacou o que ele chamou de “excelente iniciativa” do governador Beto Richa. “Esse programa possibilita aos consórcios ajudar na manutenção e reforma de vias não pavimentadas essenciais ao escoamento das safras e locomoção das pessoas que vivem ou trabalham no campo. Esta é uma iniciativa necessária para dar condições ao desenvolvimento rural”, sublinhou o prefeito.
Segundo ele, Paranavaí sai de novo na frente através do Consórcio Caiuá, que reúne 11 municípios do entorno de Paranavaí e será o embrião de uma futura região metropolitana, como já existe em Maringá e Umuarama.
NOVO CONCEITO - O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, explica que as patrulhas vão instituir um novo conceito de construção e manutenção de estradas rurais no Estado, em integração com as lavouras. “Não adianta ter uma estrada perfeita se no seu entorno existe uma lavoura mal conservada que joga água em seu leito, provocando erosão”, explicou.
Recurso- O Governo do Estado está repassando cerca de R$ 7 milhões por ano para a Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) para cobrir gastos de custeio e manutenção da equipe técnica do programa Patrulha do Campo. A Secretaria de Agricultura vai investir outros R$ 3,57 milhões em obras adicionais de estradas em sete consórcios. Além disso, outros R$ 30 milhões, em recursos do Programa Pró-Rural, que estão sendo repassados pelo Banco Mundial, serão aplicados na compra de outros nove conjuntos de equipamentos para a recuperação de estradas. (Com participação da Agência de Notícias)