terça-feira, 30 de outubro de 2012

RECANTO DA SAUDADE

Funcionários da Diretoria de Paisagismo juntamente com o Departamento de Parques e Jardins estiveram durante três dias no Cemitério Recanto da Saudade com serviços de pintura em meio fio, plantio de gramas, árvores e plantas.



RELATÓRIO DE SERVIÇOS EXECUTADOS DE 22 A 26 DE OUTUBRO



12/10 – Plantio de grama no cemitério novo
- Pintura de meio-fio no cemitério da Rua Paraíba               
- Plantio da rotatória da Vila Operária
- Roçada e limpeza do acesso ao cemitério novo
23/10 – Roçada no cemitério novo
- Plantio de árvores no cemitério novo
- Limpeza do cemitério de Graciosa
- Pintura do meio-fio do cemitério da Rua Paraíba
24/10 – Limpeza do cemitério de Graciosa
- Limpeza do cemitério de Mandiocaba
- Pintura do meio-fio do cemitério da Rua Paraíba
- Plantio de árvores do cemitério novo
25/10 – Roçada na rodoviária
- Roçada na Avenida Heitor Alencar Furtado
- Roçada na Fespar
- Pintura de meio-fio no cemitério novo
26/10 – Roçada na piscina municipal
- Roçada no Noroestão
- Roçada na Provopar
- Manutenção do viveiro de mudas no Provopar
- Roçada na Avenida Heitor Alencar Furtado
- Pintura no cemitério de Graciosa
          

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

CEMITÉRIO PARQUE RECANTO DA SAUDADE RECEBE MELHORIAS PARA O DIA DE FINADOS


Nesta quarta-feira (24) as equipes das secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente trabalharam a todo vapor no Cemitério Parque Recanto da Saudade na execução de melhorias para o Dia de Finados. A realização dos serviços foi um compromisso assumido pelo prefeito Rogério Lorenzetti durante audiência com populares.
Ao longo de toda esta semana as equipes da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura) estão trabalhando no local com a confecção de arruamento e calçadas, além da implantação de sistema de água em vários pontos e a construção do queimador de velas e do Cruzeiro Central.
Já a Semam (Secretaria de Meio Ambiente) está executando a limpeza do local e o paisagismo na área central do cemitério com o plantio de árvores e espécies variadas de flores. Além disso, algumas árvores que ficam na área de bosque do cemitério estão sendo removidas e realocadas nos locais adequados, respeitando o espaçamento necessário para o desenvolvimento das plantas. 

INTERCÂMBIO


A coordenadora geral do Departamento de Política Educacional da cidade de Toyohashi (Japão), Tomoko Miyamoto esteve visitando o aterro sanitário de Paranavaí.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

RELATÓRIO DE SERVIÇOS EXECUTADOS DE 15 A 19


15/10– Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado (saída Graciosa)

          - Roçada da ciclovia do Jd. São Jorge

          - Varrição do cemitério

          - Adubação das travessias do Centro

16/10– Roçada na Av. Heitor Alencar Furtado (saída Graciosa)

          - Varrição do cemitério

          - Plantio das travessias do Centro

         - Varrição da Av. Capitão Telmo Ribeiro

17/10– Roçada na Praça do Rotary

         - Limpeza do cemitério

         - Plantio de travessias

         - Roçada na Av. Euclides da Cunha

         - Roçada na Av. Carlos Gomes

         - Roçada na Av. Domingos Sanches

         - Roçada na Av. Mauá

         - Varrição na Av. Martin Luther King

18/10– Ciclovia do Jardim Morumbi

         - Av. Gabriel Esperidião

         - Retirada de terra do bosque

         - Varrição da Av. Euclides da Cunha

         - Varrição na feira do Jardim são Jorge

         - Plantio das travessias do Centro

         - Limpeza da Praça do Jardim Ipê

19/10 – Plantio de grama no cemitério novo

         - Roçada da rotatória da vila Operária

         - Roçada do Fórum

         - Varrição das trilhas do bosque

GRANDES GERADORES DE LIXO

Pela manhã na SEMAM houve uma reunião para tratar sobre os grandes geradores de resíduos no nosso município, participaram funcionários da SEMAM, VISA e GESTÃO.


sexta-feira, 19 de outubro de 2012

MUNICÍPIO SEGUE EXECUTANDO SERVIÇOS DE CONSERVAÇÃO DO SOLO NA REGIÃO DA APA




O município de Paranavaí está realizando diversos serviços em propriedades rurais na Área de Proteção Ambiental (APA) do Ribeirão Araras, às margens das Estradas do Barbalho e Estrada Saleik Soumaille Caled, para ajudar na preservação do manancial que abastece a cidade.

Na tarde da última quinta-feira (18) o prefeito Rogério Lorenzetti, acompanhado pelo Secretário do Meio Ambiente, João Marques, e servidores da Secretaria de Agricultura, esteve no local para acompanhar os serviços que estão beneficiando cerca de 60 propriedades rurais, numa extensão de 1.922 hectares.

Nestes locais estão sendo desenvolvidos os trabalhos de terraceamento (que são curvas de nível para absorver e espalhar a água), controle de erosão (através da abertura de caixas e contenção) e fechamento de voçorocas (para evitar que a terra continuasse seguindo para o rio).

Os recursos investidos nestas obras estão sendo repassados ao município pela Sanepar. “Isso significa que parte das taxas de serviços que o cidadão paga em sua tarifa mensal de água está sendo utilizada para proteger a qualidade da água que futuramente ele vai beber e utilizar em casa”, esclareceu o prefeito. “Proteger esse manancial que abastece Paranavaí é proteger a qualidade da nossa água, que é um recurso fundamental para a sobrevivência da população”, afirmou.

CRONOGRAMA DE SERVIÇOS - No final do 1º semestre deste ano o município licitou cerca de R$ 170 mil em serviços de locação de trator, arado, motoniveladora, pá carregadeira, óleo diesel, entre outros equipamentos. Os serviços para a preservação do manancial que abastece a cidade começaram a ser executados no último mês de julho e já estão com 70% das obras concluídas.

Segundo o diretor de Gestão Ambiental, Edson Hedler, o município e a Emater realizaram um levantamento prévio nas propriedades rurais da região da APA do Ribeirão Araras para apontar quais seriam os serviços necessários para proteger o solo. “Estas obras são fundamentais para conservar o solo e evitar as voçorocas e o assoreamento do rio. A propriedade bem cuidada, além de ajudar na preservação do rio, facilita o tratamento da água”, explicou o diretor.

LORENZETTI REASSUME PRESIDÊNCIA DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL CAIUÁ


O prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti, reassumiu nesta quinta-feira, 18, a presidência do Consórcio Intermunicipal Caiuá – Ambiental (Cica) durante reunião realizada em seu gabinete de trabalho que contou com a participação dos prefeitos e representantes dos municípios de Alto Paraná, Tamboara, Amaporã, Paraíso do Norte, Santo Antônio do Caiuá e São Carlos do Ivaí.
Rogério, e boa parte dos prefeitos que ocupava cargo na diretoria da entidade, havia se desincompatibilizado do cargo em março deste ano, uma vez que a legislação lhe permitia a reeleição ao cargo de prefeito. Quem assumiu a presidência interina da entidade durante o período foi o prefeito de São Carlos do Ivaí, Jurandir Alves Conto (Bida).
Com o encerramento das eleições, os prefeitos licenciados reassumiram os cargos nesta quinta-feira. Com isso, a diretoria volta a ter a mesma composição de antes com Rogério Lorenzetti na presidência, Cláudio Golemba (Alto Paraná) como vice, Reinaldo Gimenez (Tamboara) como secretário, Luiz Wessler (Mirador) como vice, e Mauro Lemos (Amaporã) como tesoureiro.
Na ocasião, Jurandir Alves Conto agradeceu a oportunidade e fez um breve balanço do período que esteve à frente do cargo. De acordo com ele, a entidade procurou manter a agenda de reuniões e um contato direto com o Governo do Estado a quem sempre buscou recursos “para que os municípios ganhem cada vez mais força para atender as demandas da comunidade”.
Lorenzetti, por sua vez, agradeceu a disposição e apoio do prefeito Bida que, segundo ele, ajudou o consórcio a romper as amarras burocráticas. “Bida é um gestor responsável e dedicado que cumpriu com todos os rituais burocráticos e é nossa missão dar seqüência nesse trabalho para que possamos chegar em janeiro com o consórcio operando”, declarou ele.
O prefeito de Tamboara, Reinaldo Gimenez, aproveitou a oportunidade para parabenizar Lorenzetti pela reeleição no cargo de prefeito de Paranavaí. “Rogério foi um dos idealizadores do consórcio e é uma pessoa engajada e dedicada. Sabemos do seu empenho e da sua vontade para promover o desenvolvimento não só de Paranavaí mas de toda a região”, afirmou.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

VIGIA VAI AJUDAR A COIBIR ABUSOS NO DEPÓSITO DE ENTULHOS DA VILA OPERÁRIA



Atendendo a uma reivindicação da sociedade civil organizada, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) acaba de disponibilizar, em parceria com a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), um vigia para monitorar o depósito de entulhos da Vila Operária, mais conhecido como buracão do Caic. A iniciativa tem como objetivo coibir abusos tais como queimadas e descarte de lixo orgânico e reciclável, principais queixas de quem vive, estuda ou trabalha na região.
“É uma ação do Poder Público que depende muito da conscientização da comunidade”, frisa o secretário de Meio Ambiente, João Araújo Marques. “O município já oferece o serviço de coleta de lixo orgânico e seletivo. Se houver mais conscientização por parte da população essa despesa com guarda não será necessária e o recurso poderá ser investido em outro projeto”, afirma.
Marques revela que neste mês de outubro e novembro a Secretaria estará realizando um diagnóstico no local, em parceria com a Seinfra, empresas transportadoras de entulhos, geradoras de resíduos verdes e equipes de jardinagem do município, para estimar a quantidade de resíduos da construção civil e resíduos verdes. Os dados levantados serão imprescindíveis para a elaboração do Plano de Gerenciamento dos Resíduos da Construção Civil.
O secretário destaca ainda que, para tentar resolver a problemática do depósito de entulhos, a Semam elaborou uma lei específica para normatizar os resíduos da construção civil no município que está em processo de análise pelos conselhos e associações da sociedade civil e por outras secretarias municipais.
Além disso, trabalhos estão sendo direcionados para a implantação de uma Central de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil para destinar corretamente os resíduos da construção civil e resíduos verdes (de podas e cortes de árvores e de jardinagem). “Esta central terá como objetivo reaproveitar e reciclar todos os resíduos passíveis de reaproveitamento, sendo destinado ao aterro somente os rejeitos”, explica Marques.
Com relação ao terreno do atual depósito de entulhos, a intenção do Governo Municipal é recuperar a área conforme o Plano de Recuperação de Área Degrada a ser elaborado.
“Com essas medidas pretendemos resolver os problemas causados pelo atual depósito de entulhos e dar um direcionamento ambientalmente adequado aos resíduos da construção civil e resíduos de podas e cortes de árvores e de jardinagem em conformidade com as legislações vigentes, atendendo a Resolução CONAMA nº307 de 2002 sobre os resíduos da construção civil e a Política Nacional de Resíduos Sólidos”, reforça o secretário.
A Resolução CONAMA nº307 de 2002 estabelece a responsabilidade do município pela elaboração do Plano Integrado de Resíduos da Construção Civil que deverá incorporar o Programa Municipal de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil e os Projetos de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil. O Programa Municipal de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil, destinado aos pequenos geradores, é de responsabilidade do município e os Projetos de Gerenciamento de resíduos da Construção Civil é de responsabilidade dos grandes geradores.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

RPPN


Discussão sobre proposta de incentivo aos produtores rurais para criar RPPN (são unidades de conservação particulares, transformando parte de propriedades rurais em reservas permanentes, com vantagens tributárias).

REUNIÃO DA APA



MUNICÍPIO REALIZA CONSULTA PÚBLICA PARA REVISÃO DO PLANO DE MANEJO DA APA DO RIBEIRÃO ARARA

 
A Secretaria de Meio de Paranavaí realizou na noite desta terça-feira (9), na Associação dos Funcionários da Sanepar, uma consulta pública para a elaboração do zoneamento e revisão do plano de manejo e regulamentação legal da Área de Proteção Ambiental (APA) do Ribeirão Arara. Participaram do encontro produtores, representantes de entidades e órgão públicos do governo do estado e da Sanepar que debateram questões como o plano de uso, ocupação do solo e a legislação.

De acordo com o diretor de Gestão Ambiental da Secretaria, Edson Hedler, o objetivo da consulta foi estabelecer ações que vão ajudar a regulamentar e nortear a atividade comercial e agropecuária na região e a correta ocupação do solo a fim de não prejudicar o meio ambiente.

Ele explica que o plano de manejo irá seguir o plano diretor, que estabelece o que pode ser construído e que pode ser feito na APA. “Os questionamentos levantados serão incluídos no plano de manejo, de acordo com a viabilidade técnica e legal. Uma das discussões durante a reunião foi com relação à área das chácaras, alguns proprietários querem dividir propriedades maiores em lotes muito pequenos para vender, porém, o plano de manejo só permite chácaras com área superior a 20m2”, exemplificou o diretor.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

PALESTRAS SOBRE COLETA SELETIVA

Durante este ano a SEMAM, vem realizando palestras em várias escolas sobre a importância da reciclagem e distribuindo imãs para a geladeira, com os dias que passa o caminhão da coleta seletiva em cada bairro do nosso município. Na rede municipal todas as escolas já receberam as palestras de conscientização. Os alunos dos colégios da rede estadual, estão recebendo a palestra que está sendo realizada por funcionários nos três períodos.



VISITA

Cerca de 80 alunos do município da cidade de Marilena, estiveram recentemente visitando o Parque Municipal (Bosque). Eles fizeram uma trilha com a supervisão da bióloga, diretor de gestão ambiental e de uma estagiária.



terça-feira, 9 de outubro de 2012

ANTIGO BOSQUE

Iniciada reforma do alambrado do parque municipal



O serviço começou com a retirada do alambrado e dos palanques antigos que começarão a ser substituídos pelos novos já nos próximos
 dias
Teve início a reforma do alambrado em torno do Parque Municipal Dr. Antônio José Messias (antigo Bosque), situado na Vila Operária. 
O serviço, que ajudará a proteger os quase 37 hectares do parque, começou com a retirada do alambrado e dos palanques antigos que começarão a ser substituídos pelos novos já nos próximos dias. Ao todo serão investidos aproximadamente R$ 40 mil e a previsão de conclusão é de 30 dias. 
As informações são da assessoria de imprensa da Prefeitura.
UTILIZAÇÃO DO PARQUE - Em 2011, a Câmara Municipal de Paranavaí aprovou uma lei que criou o Parque Municipal Dr. Antônio José Messias. Na prática, o Bosque Municipal deu lugar a um parque de contemplação que abriga uma unidade de conservação. 
“Conforme legislação ambiental, as unidades de conservação não podem receber nenhum tipo de obra de infraestrutura no seu interior, motivo pelo qual os quiosques e outras atrações tiveram que ser desativadas”, explica o diretor de Gestão Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Edson Hedler.  
Sendo assim, o parque continua aberto à população para visitação e contemplação. “Para isso, a equipe da Secretaria de Meio Ambiente continua realizando periodicamente limpeza das trilhas, alimentando os animais e executando a poda das vegetações de divisa a fim de evitar incêndios”, completa Edson.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

ZONEAMENTO

Consulta pública para revisão do plano de manejo da APA do Ribeirão Arara

O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, convida a população para a consulta pública que será realizada no próximo dia 9 de outubro, terça-feira, para a elaboração do zoneamento e revisão do plano de manejo e regulamentação legal da Área de Proteção Ambiental (APA) do Ribeirão Arara. Tais ações vão ajudar a regulamentar e nortear a atividade comercial e agropecuária na região e a correta ocupação do solo a fim de não prejudicar o meio ambiente. Será às 19h30 na Associação dos Funcionários da Sanepar, que fica na Rua Arthur Bernardo s/nº (fundos da Sanepar).